quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Canção Gigliola Cinquetti - Non ho l'età

                           



COM UMA FOLHA DE LARANJEIRA, ELE FAZ ISTO .... absolutamente incrível

VALE A PENA OUVIR

http://www.youtube.com/watch_popup?v=k6dTeQwf488

A Severa O Cruel e Triste Fado

                                    

                                  

                     

“A SEVERA”



Pior do que a Indonésia, a Eslováquia, o Brasil, a...
DN.PT|DE GLOBAL MEDIA GROUP


Hoje, tal como em tempos escreveu Clara Ferreira Alves, “sobra-nos a indigência, a pobreza intelectual e moral dos políticos que temos”. Dos cavacos, dos coelhos, dos relvas, dos portas, dos seguros. Aberrações com que a natureza, de quando em quando, parece querer “castigar” aqueles que o merecem. Numa espécie de fatalismo inelutável, de cruel e triste fado.
A geração que ainda não tinha 20 anos no “25 de Abril” e que hoje ocupa o poder, é uma geração de mentecaptos. De corruptos. De falhados. E, como tal, arrastará no falhanço a geração futura. E só por lá se mantêm porque nunca foi tão fácil governar como é hoje. Ao contrário do que apregoa esta geração de imbecis que nos desgoverna. Porque as propostas do governo tornam-se “imperativos categóricos”. São inevitabilidades. Ou seja, imposições meramente formais, incontestáveis por direito de quem manda e incontestadas pela inércia cobarde de quem é mandado. Estamos em presença de uma espécie de fatalismo. De um Fado, que nos conduziu, ontem como nos conduz hoje, a esta “Severa” condição de meros indigentes subservientes!
Por:Manuel Silvestre Gago

COM UMA FOLHA DE LARANJEIRA, ELE FAZ ISTO .... absolutamente incrível
VALE A PENA OUVIR
http://www.youtube.com/watch_popup?v=k6dTeQwf488






Outros Relacionados:
Dívida Pública 119,1% do PIB para 2012                      Europa Três anos de crise da dívida
Alemanha Memoria Curta O Perdão da Guerra              Quem Paga o Estado Social Raquel Varela
Austeridade Nobel da Economia Joseph Stiglitz            Os números de Cavaco e Sócrates
 Portugal já esteve várias vezes na Bancarrota               O Euro e os Custos de Financiamento
José Gomes Ferreira Condições e Juros à Grécia           Contas Públicas Mentiras e Falsidades
O povo viveu acima das suas possibilidades                  Resgate a Portugal Não era necessário
Carvalhas há 15 anos Costa hoje e Eça 1871               Orçamento de Estado para 2013
 Dívida pública está sem travão                             O que é a dívida Pública 




Aqui poderás ver 7 mitos e mentiras contadas sobre os portugueses, que te irão deixar impressionado com a realidade! Dizem uma coisa sobre nós portugueses, mas afinal a verdade é outra!
mentiras_contadas_aos_portugueses

1. Os portugueses trabalham pouco. Os alemães trabalham muito. Mentira. A jornada de trabalho em Portugal é uma das maiores da Europa desenvolvida. Comparados com os alemães, os portugueses trabalham mais 324 horas todos os anos, mas levam para casa menos 7484 euros.

2. Os portugueses andaram a viver da mama da Europa, paga pelos alemães. Mentira. Com a entrada na UE, Portugal ganhou apenas 0,4% do PIB (fim da lista). Já a Alemanha encabeça o ranking com um aumento de 2,3%.

3. Os portugueses têm demasiados feriados. Mentira. Em Portugal há 10 feridos (antes havia 14). A Finlândia tem 15, a Espanha 14, a Eslováquia 13, a Áustria 12, enquanto a Suécia, a Itália, a França e a Dinamarca têm 11. Na Alemanha há entre 10 a 13 feriados, conforme os estados (länders).

4. Há demasiados portugueses que são funcionários públicos. Mentira. Temos, 575 mil e têm vindo a diminuir. Em 2008 (quando eram mais do que agora), eram 12,1% da população ativa. A média dos 32 países da OCDE é de 15%. A Dinamarca e a Noruega têm cerca 30%. O peso dos vencimentos dos funcionários públicos, em Portugal, em relação ao PIB, é inferior à média da UE e da zona euro: 10,5% em Portugal, 10,6% na zona euro, 10,8% na UE, mais de 18% em países como a Dinamarca ou a Noruega.

5. Os portugueses não produzem o suficiente para ter saúde, educação e segurança social públicas e de qualidade. Mentira. Os trabalhadores portugueses entregam mais ao Estado (em contribuições e impostos diretos e indiretos) do que recebem em serviços públicos, sendo que na maioria dos anos até há excedente (os trabalhadores deram mais do que receberam do Estado).

6. Os portugueses viveram acima das suas possibilidades e andaram a fazer crédito para carrões e férias na República Dominicana que não podiam pagar. Mentira. Em 2009, o crédito habitação era quase 80% do volume global de empréstimos contraídos por particulares. Uma decisão absolutamente racional, considerando que alugar casa era muito mais caro, logo, isso sim, seria viver acima das possibilidades.


7. Os portugueses são um povo de brandos costumes. Mentira. Só nos séculos XIX e XX, contam-se milhares de mortos em guerras civis e revoluções. Foi o Estado Novo que inventou o chavão, numa operação de manipulação da nossa identidade. Para andarmos caladinhos e quietinhos.












Recessão Desempregados e Precários 3 milhões




Desempregados e precários atingem já os três milhões 
Os precários e os desempregados em Portugal são 2,989 milhões, revelou, esta terça-feira, a Associação contra a Precariedade - Precários Inflexíveis, na escadaria da Assembleia da República, com base em dados do quarto trimestre de 2012.
Segundo a Associação contra a Precariedade - Precários Inflexíveis (ACP-PI), desde o começo da intervenção da troika em Portugal que o cenário se tem agravado e, neste momento, 54% da população ativa estão sem trabalho, não constam nas listas dos centros de emprego mesmo estando desempregados, são subcontratados ou têm ligações precárias às entidades contratantes.
Ao JN, Ana Feijão, ativista da ACP, estimou que "19 mil pessoas perderam os seus postos de trabalho, em média, por cada mês, desde a chegada da troika".
"Este é o cenário que considerámos ser importante os senhores da troika conhecerem, num momento em que se preparam para a sétima avaliação do plano de austeridade", explicou.
"No último ano não só desapareceram postos de trabalho, como não se reabilitou a economia. Além de se registar uma acentuada diminuição do valor do salário direto", acrescentou, à margem daquela ação no Parlamento, que também serviu de apoio às manifestações agendadas para o dia 2 de março em vários pontos do país.
Por:Nuno Miguel Ropio/JN

Outros Relacionados:
Dívida Pública 119,1% do PIB para 2012                      Europa Três anos de crise da dívida
Alemanha Memoria Curta O Perdão da Guerra              Quem Paga o Estado Social Raquel Varela
Austeridade Nobel da Economia Joseph Stiglitz            Os números de Cavaco e Sócrates
 Portugal já esteve várias vezes na Bancarrota               O Euro e os Custos de Financiamento
José Gomes Ferreira Condições e Juros à Grécia           Contas Públicas Mentiras e Falsidades
O povo viveu acima das suas possibilidades                  Resgate a Portugal Não era necessário
Carvalhas há 15 anos Costa hoje e Eça 1871               Orçamento de Estado para 2013
 Dívida pública está sem travão                             O que é a dívida Pública 






terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

BPN Email Dias Loureiro Vive no Estoril

                        

A edição desta quarta-feira, 6 de Maio, do Correio da Manhã, adianta que a Polícia Judiciária não avançou com diligências no processo de Dias Loureiro, no âmbito do caso BPN.
JORNALDENEGOCIOS.PT
A antiga diretora do DCIAP afirmou não poder dizer por que é que o processo do ex-ministro não foi encaminhado para a Judiciária.
DN.PT|DE GLOBAL MEDIA GROUP


Para este nada...Tem anjinhos a protegê-lo!

Novos documentos do processo BPN/Dias Loureiro revelam mais indícios que levaram o MP a investigar o ex-ministro de Cavaco Silva durante mais de 8 an...
OBSERVADOR.PT



 http://www.esquerda.net/.../bpn-o-assalto-laranja.../27104
O banco fundado e afundado por ex-governantes do PSD serviu de plataforma para branquear capitais e…
ESQUERDA.NET



VIVE no ESTORIL NUMA DAS CASAS QUE ERA
DO EMPRESÁRIO JORGE DE MELLO (na Quinta Patino) e,
ao que alegadamente consta, é também proprietário de mais um lote anexo (tudo em nome de Sociedades Offshore).

VIVE SEM SE ESCONDER  (pois nem pingo de vergonha tem) na sua mansão no Estoril, bem perto da escola de hotelaria, com uma excelente piscina sempre aquecida; no jardim, casa de bonecas para a neta, com ar condicionado (vinda de um qualquer pais nórdico);  com um casal de caseiros vindos da Colômbia expressamente para o cargo (muito útil pois não sabem uma palavra de português). A esposa actual, Xana, durante muitos anos, uma das várias amantes que tinha (a quem oferecia carros topo de gama), esbanja em compras para ela e amigos (botas, roupas, animais - cada coisa na ordem dos 600 euritos, simples prendinhas numa tarde de ida às compras). Ele oferece jantares em restaurantes in, caça no Alentejo com amigos, passeia às descaradas por Cascais e Estoril.

Tem um bruto empreendimento em Cabo Verde, na ilha do SAL
(O Sal é aquela ilha, onde o BPN criou umas "sucursais" e um banco mais ou menos virtual, com que se faziam umas operações de lavagem de dinheiro e fugas ao fisco, etc. etc... )
Mas viver lá, não vive!
Ao menos, se lá se escondesse, era porque lhe restava alguma vergonha...que nunca teve!
Sei o que digo; não é notícia de net. É conhecimento de causa - testemunhado.
MAIS UMAS DICAS:

0 - Tem um processo de investigação em curso,
1 - Negou coisas que o seu chefe confessou,
2 - Esteve muito ligado a um grande partido,

3 - Sabe fazer umas cantarolas,
4 - Também sabe jogar golfe,
5 - Desde há uns meses nunca mais se ouviu       falar dele
· De quem falamos ????

[]
Manuel Dias Loureiro!... ILUSTRE COMPADRE DE CAVACO SILVA,
CUJA FILHA SE CASOU COM UM FILHO DELE

[]

Há trinta anos, um advogadozeco "pé rapado", em Coimbra, a viver actualmente à grande e à fartazana,
à custa da impunidade que grassa neste Portugal.
[]
É o dono do maior Resort Turístico da Ilha do Sal...
Alguém dá por ele na nossa imprensa?
O que nos leva a pensar tal esquecimento..?


Como vêem é fácil fazer esquecer um roubo superior a mais de 5 mil milhões de euros, quando se tem amigos bem instalados


Assunto: Dias Loureiro: temos de ler isto em jornais franceses???Mas quando é artigo de jornal estrangeiro o impacto é ainda maior.
Et voilá:
http://finances.orange.fr/economie/pointdevue/scandale-bancaire-portugais-les-vacances-a-rio-de-dias-loureiro-266980.html


As últimas notícias, opinião, fotos e vídeos de Lisboa, Porto, Portugal, Europa e do Mundo. A melhor fonte de informação de economia, política, cultura, ciência,...
PUBLICO.PT





A antiga diretora do DCIAP afirmou não poder dizer por que é que o processo do ex-ministro não foi encaminhado para a Judiciária.
DN.PT|DE GLOBAL MEDIA GROUP




O ex-conselheiro de Estado Dias Loureiro não tem bens em seu nome que possam ser penhorados no âmbito da investigação no caso BPN e o saldo médio das suas contas bancárias não ultrapassa os cinco...
ECONOMICO.SAPO.PT



   
Outros Relacionados:
 SIC: Buraco do BPN 7 mil milhões                    BPN O maior escândalo de Portugal
BPN Revelado Esquema de Duarte Lima             Paulo Morais BPN foi Formado por Políticos
BPN vai custar 3,4 mil milhões em 2012             Venda do BPN pouco transparente
 BPN Francisco Louça no Parlamento                Cuico Versos Submarinos e BPN
BPN Vivenda de Cavaco no Algarve                    BPN-Falência provocava queda de 4% na ...
BPN - Mira Amaral convida Passos                    BPN 3 anos Subsídio Férias e Natal
BPN e a Bancarrota do País                              BPN Duarte Lima
Banif Estado vai Controlar 99,2%                     AOFA Corrupção Paulo Morais e Pedro Bringe        
Prós e Contras - Mauro Sampaio - 15-10-2012   Piada e Chacota Vergonha de um País
Ali Babá e os 40 Ladrões                                O Clan Duarte Lima e o Polvo Laranja
O General Pires Veloso e o Momento Atual      Sermão do Bom Ladrão Pe António Vieira