domingo, 24 de julho de 2016

Durão Barroso no Goldman Sachs

O secretário de Estado francês para os Assuntos Europeus critica a decisão do antigo presidente da Comissão Europeia, que classifica de "escândalo".
TSF.PT|DE GLOBAL MEDIA GROUP


O secretário de Estado dos Assuntos Europeus francês pediu hoje solenemente a Durão Barroso para não aceitar trabalhar na Goldman Sachs.
DINHEIROVIVO.PT

Continua a enxovalhar o nome de Portugal lá fora


Um grupo de eurodeputados eleitos pelo Partido Socialista francês exigiu hoje que o ex-presidente da Comissão Europeia e futuro presidente não-executivo das…
GERINGONCA.COM

As reações ao novo emprego de Durão Barroso, que vai ser presidente da Goldman Sachs, sucedem-se e não são simpáticas
EXPRESSO.SAPO.PT

Imprensa francesa, funcionários europeus, Moscovici, todos criticam o facto de Barroso estar a meter a mão no “Sachs”.
PUBLICO.PT



Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

by Leituras
Ignoro se o banco Goldman Sachs influiu na falência do Lehman Brothers, que iniciou a funesta recessão em que numerosos países estão ainda mergulhados, mas sei, de ciência certa, que beneficiou dessa falência e continua a provocar danos irreparáveis. Esteve por trás da manipulação das contas públicas da Grécia, permitindo a sua adesão ao euro, […]


Maria Luís Albuquerque peremptória: se ela ainda fosse ministra, teria sido o Banif e não a Goldman Sachs a contratar Durão Barroso.
Foi apresentado um esboço das conclusões do inquérito parlamentar sobre o Banif. O relatório preliminar ainda vai ser votado, na próxima semana, mas Maria Luís Albuquerque já avisou: se ela ainda fosse ministra, o Banif seria o maior banco do mundo e teria contratado Durão Barroso e até Wolfgang Schäuble e todos os atletas portugueses que foram campeões europeus este mês, para os reclames. Mário Botequilha. 22 DE JULHO DE 2016.

ARTIGOS RELACIONADOS
OUTRAS PESSOAS TAMBÉM PARTILHARAM




Durão Barroso foi recompensado pelos dez anos como presidente da Comissão Europeia.
PUBLICO.PT



ARTIGOS RELACIONADOS