segunda-feira, 3 de junho de 2013

Socrates Cortes no Estado

              





Quinta-feira à noite, na “Quadratura do Círculo”, da SIC Notícias, António Lobo Xavier, homem próximo de Paulo Portas e nomeado pelo governo para elaborar a reforma do IRC, veio dizer que afinal a narrativa de Sócrates sobre o chumbo do PEC IV e o pedido de resgate é verdadeira: “A entrada da troika em Portugal resultou da pressão exercida pelo PSD e pelo CDS-PP.” A chanceler Angela Merkel “não queria uma intervenção concertada, regulada, com um Memorando. 


Pensaram sempre em atacar salários, pensões, reformas, rendimentos individuais e das famílias, serviços públicos para os mais necessitados e nunca em rendas estatais, contratos leoninos, interesses da banca, abusos a cartéis das grandes empressas. Pode-se dizer que fizeram uma escolha entre duas opções, mas a verdade é que nunca houve opção: vieram para fazer o que fizeram, vieram para fazer o que estão a fazer. "Isto já não é um Governo, é um amontoado de gente tratando da sua vidinha-Pacheco Pereira




Outros relacionados:
Austeridade Estas medidas são um erro                         Austeridade Medidas Victor Gaspar
Bardamerda e caladinhos austeridade em 30 ...         Austeridade Nobel da Economia Joseph Stiglitz
As medidas de Austeridade deste Governo                  Medina Carreira Austeridade 7 Maio
austeridade é uma ideia Perigosa Mark Blyth          Ferreira Leite arrasa Vítor Gaspar
 Dívida Pública 119,1% do PIB para 2012                        Europa Três anos de crise da dívida
Sondagem RTP PS=PSD+CDS                                              Passos Coelho em Contradições PEC IV
Dívida Privada um Problema para Portugal                     Frases célebres de Pedro Passos Coelho:
Poesia O Zé na miséria e eles ricos                                    O regresso da pobreza à Europa
Transparência - Carlos Moedas                                            O resgate um ano depois
Chumbo do PEC IV à Espiral Recessiva                 Pacheco Pereira Governo Vingativo         



Sem comentários:

Publicar um comentário