segunda-feira, 9 de abril de 2012

Um ano depois da Troika-Económico

                               


Portugal pediu o resgate financeiro à Troika há um ano para evitar a bancarrota. Recessão e desemprego atingem valores mais altos do que o previsto. 

De acordo com o "Diário Económico", a recessão é mais profunda e desemprego mais alto do que se previa.Os números dizem que há uma destruição da riqueza de 3,3%, mais do dobro do esperado, com os números do desemprego a atingir os 14,5% (era 12,7% há um ano) e os juros nos 12% (eram de 8,5% em 2011).

4 comentários:

  1. Pois. É a vida, como diria Guterres.

    Mas haja esperança que depois do mau tempo vem sempre a bonança.

    ResponderEliminar
  2. Medidas difíceis mas necessárias e obrigatórias. Ficaremos a saber mais tarde (daqui a 2/3 anos) se os resultados dessas medidas são proporcionais ao esforço realizado ou não.
    Até lá, tenhamos esperança, pois ela pode estar doente mas ainda não morreu.

    ResponderEliminar
  3. Holy shit!!! It Works!!!

    ResponderEliminar
  4. Sim, depois de privatizarem tudo e mais alguma coisa (EDP, TAP, REN, Águas de Portugal) destruirem todas as empresas e baixarem os salários ao nível de países do 3º mundo ficaremos a saber que ficámos pior do que antes.

    Uma grande estratégia para empobrecer o povo e enriquecer algumas elites.

    ResponderEliminar