quinta-feira, 8 de junho de 2017

Costa no governo e Passos na Oposição






Passos Coelho nunca disse nada de jeito, agora já não diz coisa nenhuma.
Faz lembrar os celebres discursos do Almirante Américo Tomás.


  

Vejam só o que os do costume diziam sobre o OE 2016.

Lutaram até ao último momento para convencer o povo que não havia outra alternativa.




Basta reparar que a dívida pública em finais de Junho de 2011 quando tomaram posse estava em 98% do PIB, segundo dados do INE referentes ao 2º trimestre de 2011, e deixaram-na nos 130% do PIB, quando em 2012, o Governo, e a troika previram que em 2014 ficava nos 109% do PIB, e o défice em 2014 ficava em 2.3%, afinal ficou em 7.2%, menos 2 décimas do défice de 2011, que ficou em 7.4%, segundo dados do Eurostat. Por: Jcesar.





António Costa diz que comportamento da oposição "dá vontade de rir".
O secretário-geral do PS, António Costa, disse hoje que os "resultados positivos" do país estão a acontecer, porque as políticas do atual Governo são "o contrário" do que fez o anterior executivo.




Católica revê em alta crescimento e aponta agora para 2,7%


Contudo, a entidade alerta que a previsão "está envolta num grau de incerteza considerável devido a efeitos combinados de calendário, deflactores e variação…
PUBLICO.PT


A Orquestra Midia / direita Ressabiada passam o dia a mostrar o Inferno em chamas que é Portugal ... lá fora O PAÍS é visto desta outra maneira ... ORQUESTRA DE GRANDES PATRIOTAS SEM DUVIDA...

Comissário europeu antecipa que Portugal cresça mais de 2,5% este ano. Bruxelas não irá propor novas medidas que vão contra o crescimento e o emprego.
JORNALECONOMICO.SAPO.PT



INE: Actividade económica atinge maior aumento em 16 anos. 19/07/2017




A economia continua a dar sinais de um acelerar do seu crescimento. Segundo os dados divulgados hoje pelo INE, o indicador de actividade económica cresceu 3%…
GERINGONCA.COM




O crescimento da economia portuguesa no primeiro trimestre superou o das principais economias europeias. Portugal ficou assim à frente do Reino Unido,…
GERINGONCA.COM


O secretário-geral do PS, António Costa, afirmou hoje que Portugal “vai ter este ano, seguramente, o maior crescimento económico de todo o século XXI” e que o…
24.SAPO.PT



Que governo miserável que nós temos... Devolve pensões e salários, baixa o défice, aumenta o salário mínimo, faz orçamentos que cumpre sem rectificativos... mas o mais grave é que faz isso sem violar a lei fundamental: a constituição da república portuguesa. Enfim... Uma nódoa.

Bom bom era o governo Rabbit/Doors. Cortava pensões e salários, queriam baixar o salário mínimo, e em dois anos, levava já 4 orçamentos e 2 chumbos do tribunal constitucional para levar Portugal, a Grécia, o Chipre, a Irlanda, entre outros, para fora da bancarrota e com relativo sucesso. Isso é que era governar...Por: Marinho Osório.




Boletim Económico divulgado hoje prevê que o PIB cresça 2,5% este ano, à boleia do investimento e das exportações. Banco central considera que há…
JORNALECONOMICO.SAPO.PT



Excelente!!!....Agora roam-se todos os pafiosos que só destruiram....


O ranking é liderado pelos países do norte da Europa. Portugal tem a segunda posição entre os 15 países com um PIB per capita semelhante.
JORNALECONOMICO.SAPO.PT






Depois do incêndio de Pedrógão e de Tancos




Sondagem em Julho 2017.



"Última sondagem Julho 2017 da Aximage para o Correio da Manhã aponta confiança para primeiro-ministro em António Costa em níveis de 69,11% enquanto Passos Coelho regista 22,2%."


O PS mantém a tendência de subida nas intenções de voto, estão a aumentar a distância (+21,1%) sobre o PSD que, por sua vez continua a descer de forma acentuada. A sondagem da Aximage para o Negócios e o Correio da Manhã mostra que em Julho o PS cresceu 0,3 pontos percentuais para 44% enquanto o PSD recuou para 22,9%.

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/politica/detalhe/ps-continua-a-subir-mas-costa-perde-popularidade-em-mes-critico?ref=HP_DestaquesPrincipais


Apesar de acreditarem que o Governo sai fragilizado dos casos de Pedrógão Grande e Tancos, os portugueses não acham que os ministros da Administração…
EXPRESSO.SAPO.PT


O PSD FOI MESMO O PARTIDO MAIS VOTADO ?
OU A ARTIMANHA DE SE ESCONDEREM ATRÁS DO CDS, SERVIU PARA ENFIAREM O BARRETE AO PS ?
"MAIS UMA FORMA DE LER OS RESULTADOS ELEITORAIS"
...Ver Mais


Opinião criativa No meio de tanta confusão e demagogia, tanta parvoíce, sinto-me livre para fazer uma interpretação abusada dos resultados eleitorais. De certeza que a minha figura não será mais ridícula do que a de altos responsáveis…
EU-CALIPTO.BLOGS.SAPO.PT


SONDAGEM 'AXIMAGE'

Da sondagem da Aximage publicada nesta sexta-feira 16 de junho 2017, os resultados apurados são os seguintes:

ESQUERDA
PS 43,7%
BE 9,7%
CDU 7,8%
TOTAL - 61,2%


DIREITA
PSD 24,6%
CDS 4,6%
TOTAL - 29,2%

Portanto, há uma maioria de esquerda com 61,2%, enquanto a direita pafiosa naufraga com 29,2, ou seja: a esquerda ampliou a diferença que tem sobre a direita na ordem de 32%.

Com o PS à beira da maioria absoluta, a direita pafiosa regista os piores resultados. É preciso recuar a 1976 no caso do PSD e a 1991 no caso do CDS para encontrar resultados eleitorais ao nível desta sondagem.

Em termos de popularidade de lideranças, a sondagem é clara: 69,1% escolhem o actual 1º Ministro António Costa, contra os 22,2% que optam por Palhassos Coelho.






 

Sondagem mensal da Aximage:
{Maio . . Junho . Julho . . Partido (variação desde Janeiro-2016)}
42,4% . 43,7% . 44,0% . PS . . (+8,5)
24,5% . 24,6% . 22,9% . PSD . (-13,6) = único que caiu
10,0% . . 9,7% . 10,1% . BE . . (+0,3)
. 7,7% . . 7,8% . . 7,8% . CDU . (+2,2)
. 5,4% . . 4,6% . . 5,3% . CDS . (+2,0)
A minha principal conclusão:
PSD muito penalizado pelo aproveitamento político da tragédia, com queda de 1,7 pontos no último mês. Que se juntou à anterior penalização dada, ao longo de ano e meio, à sua tática de birra no parlamento, anúncio do Diado na propaganda, e ausência de estratégia alternativa.
PSD está mais perto do 3º (BE a 12,8 pontos), do que do 1º (PS a 21,1 pontos)!!!
      Imagem







       

      Então aqui vai. A evolução é evidente desde 2015. A esquerda mantém-se, com um resultado historicamente alto no caso do BE. O PS recuperou 12 pontos, provavelmente também a alguns abstencionistas de 2015. E a direita perdeu 10 pontos.
      Sondagem Aximage em 2017-Jul-15:
      28,2% =PSD (22,9%) + CDS (5,3%).
      61,9% = PS (44,0%) + BE (10,1%) + CDU (7,8%).
      Eleições Legislativas em 2015-Out-04:
      38,57% = PàF (PSD + CDS).
      50,75% = PS (32,31%) + BE (10,19%) + CDU (8,25%).
      Eleições Legislativas em 2011-Jun-05:
      50,35% = PSD (38,65%) + CDS (11,70%).
      41,14% = PS (28,06%) + BE (5,17%) + CDU (7,91%).



        Resultado das ultimas eleições. 4/10/2015

        É a leitura que faço de tudo o que se passou os resultados eleitorais do dia 4 de Outubro de 2015 e em termos percentuais foram os seguintes: Desdobrando os Votos é esta a conclusão. O PSD não foi o mais votado. Quem teve mais votos foi a PAF PSD/CDS.

        Partido Socialista – 32,38% - 1.740.300
        Partido Social Democrata – 29, 87%(incluindo os votos da Madeira)
        Bloco de Esquerda – 10,22% - 549.153
        CDS / Partido Popular – 8,81%
        Coligação Democrática Unitária – 8,27% - 444.319
        PAN – 1,39%
        PAF - (PSD/CDS) - 2.067.722 - menos - 300.000
        PS - 1.740.300
        BE - 549.153
        CDU - (PC - Verdes) - 444.319

    Os três secretários de Estado – da Internacionalização, dos Assuntos Fiscais e da Indústria – que ontem pediram a demissão foram crucificados nos media há um…
    VAIEVEM.WORDPRESS.COM



    O secretário-geral do PS, António Costa, disse hoje que os resultados positivos do país estão a acontecer, porque as políticas do actual Governo são o contrário do…
    JORNALDENEGOCIOS.PT


    De acordo com dados hoje divulgados pelo Eurostat, Portugal foi dos países em que o emprego mais cresceu nos últimos 12 meses. Face ao trimestre homólogo…
    GERINGONCA.COM


    O ritmo de crescimento da economia portuguesa vai situar-se entre 2,4% e 2,8% em 2017, de acordo com as previsões mais recentes do Forum para a Compe...
    OBSERVADOR.PT


    Limpa-te, à bandeira da lapela!


    O investimento cresceu 8,9% no primeiro trimestre de 2017, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística. Os números…
    GERINGONCA.COM



    Um governo fraco faz fraca a forte gente. Um povo com esperança remove montanhas.


    Um governo com, Estratégia, Caráter, Saber, Pensamento, Profissionalismo, Rigor e Inteligência. 
    Tudo começa com Costa que forma uma aliança anti natura na qual ninguém acreditava e muito menos na sua eficácia.  Por mais que a Oposição invoque o diabo, este já meteu o rabinho entre as pernas e desapareceu.
    As razões porque espuma a direita de raiva.
    -Diz o diabo do Passos, a Branca de Neve e os seus anões que o sucesso de governo de Costa é mérito do governo anterior,
     numa derradeira tentativa de se colar à fotografia.
    -Depois que António Costa chega a primeiro ministro.
    -Guterres chega a secretário geral das Nações Unidas.
    --Portugal ganha o campeonato Europeu de Futebol.
    -O Papa vem a Portugal.
    -Dois pastorinhos viram Santos.
    -Portugal ganha o Festival da Eurovisão.
    -O Benfica conquista o Tetra.
    -O Défice em 2016 foi de 2%. o menor da Democracia.
    -Criação de mais de 180 mil empregos.
    -Desemprego a baixar. -----
    - Emprego a subir......
    -As exportações a crescer--- 
    -Estanque da emigração, quadros e licenciados.
    -O País que mais cresceu na UE.
    -PIB cresce 2,8% no primeiro trimestre, o maior da década.
    - Portugal sai do défice excessivo.
    - Juros a baixar. No curto prazo juros negativos.
    - A reposição dos ordenados aos trabalhadores.
    - A reposição das pensões aos reformados.
    - A baixa do IVA na Restauração.
    - A reposição de parte da sobretaxa de IRS.
    - O facto de não ter havido privatizações em 2016.
    - Crescimento pode chegar aos 3,2%, conforme admitiu o PR Marcelo
    - Há duas décadas que os estrangeiros não investiam tanto em Portugal
    - Shauble considera o ministro Centeno, o Ronaldo do Ecofin
    - Centeno convidado para presidir ao Eurogrupo
    http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2017/01/governo-ps-e-geringonca.html




    (Nicolau Santos, in Expresso Diário, 28/07/2017) Sim, mas o que é que isso interessa? E os mortos de Pedrógão que o Governo escondeu? E o dinheiro que…
    ESTATUADESAL.COM


    Humildemente imploro perdão aos PàFiosos por mais uma má notícia.
    Em especial ao Camelo, ao Besunta das Neves, à Bruxa Teodora, ao José “Capacho PàFioso” Gomes Ferreira, à Helena "PàFiosa" Garrido, ao patético Coelho, à “Xôra” Assunção e a outra tralha quejanda.
    A taxa de desemprego recuou no segundo trimestre deste ano, caindo dos 10,1% para os 8,8%.  e
    IONLINE.SAPO.PT


    TAXA DE DESEMPREGO CAI de 10,1% PARA 8,8% NO SEGUNDO SEMESTRE de 2017.
    Parabéns ao Governo PS de António Costa e Geringonça.




    Eurostat reviu em alta ligeira a estimativa do PIB da economia da moeda única no primeiro trimestre deste ano
    PUBLICO.PT


    Nós não só não fizemos o que eles estavam a fazer, como fizemos mesmo o contrário do que eles estavam a fazer. Foi precisamente por termos feito diferente e melhor que temos melhores resultados do que aqueles que eles tiveram nos quatro anos de governação.



    O secretário-geral do PS, António Costa, disse que os “resultados positivos” do país estão a acontecer, porque as políticas do atual Governo são “o…
    PS.PT






    O primeiro-ministro explica que, contrariamente ao Governo anterior, tem investido na qualificação, no combate à precariedade e na criação de valor para as…
    JORNALECONOMICO.SAPO.PT










    Em entrevista à Renascença, o primeiro-ministro confirma que Mário Centeno foi convidado para presidir ao Eurogrupo, mas prefere que o ministro mantenha “a…
    PUBLICO.PT





    Pois, são noticias destas que deixam ressabiados os Schäuble´s, os Coelhos as Cristas...!!!






    Portugal registou a sexta taxa de crescimento de emprego mais alta, entre os 19 países da Zona Euro, com um crescimento homólogo de 2.4%.
    JORNALECONOMICO.SAPO.PT

    Sabendo que o investimento é um indicador avançado do crescimento económico, a recuperação económica está aí para as curvas.






    A síntese de conjuntura hoje revelada pelo Instituto Nacional de Estatística revela uma recuperação sustentada do investimento na economia nacional. O…
    GERINGONCA.COM









    Em 2016 a carga fiscal foi reduzida em 0,4 pontos percentuais do PIB, cerca de 740 milhões de euros, em grande medida devido à redução dos impostos diretos de 10,8% para 10,3% do PIB. Os impostos indiretos registam um ligeiro agravamento de 0,1 pontos percentuais para 14,7%. No total, o peso dos imp...
    GERINGONCA.CO




    VIDEO A VER ...
    "A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas."
    Representantes de outros países, vêm a Portugal saber como é a "fórmula" socialista usada.






    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de esquerda em Portugal. A palavra geringonça já tem tradução em várias línguas.
    SICNOTICIAS.SAPO.PT




    Os investidores privados detém 174 mil milhões de euros dos 240 mil milhões de euros em dívida pública portuguesa. O sistema financeiro português - bancos e seguradoras - tem cerca de 53,5 mil milhões de euros.
    JORNALECONOMICO.SAPO.PT




    A Orquestra Media / Direita dos Interesses Ressabiada, não gosta destas noticias, e então recorrem ao aproveitamento politico de tragédias naturais ...


    Diminuição do valor de empréstimos foi parcialmente compensada por emissões líquidas de títulos, levando a uma queda da dívida de 200 milhões de euros.
    JORNALECONOMICO.SAPO.PT



    Mário Centeno, o Ministro das Finanças que recuperou a almofada financeira que tinha sido desbaratada em 2015, e que finalmente colocou a dívida líquida a DESCER em % do PIB, pela primeira vez desde 2007.
    DÍVIDA PÚBLICA de PORTUGAL em milhares de Milhões de €uros (e em % do PIB)
    Ano -- Líquida (%) -- Depósitos (%) -- Bruta (%) -- PIB Nominal
    2007 - 116.20 (66.2) --- 3.89 (2.2) --- 120.09 (68.4) -- 175.47
    2008 - 123.95 (69.3) --- 4.24 (2.4) --- 128.19 (71.7) -- 178.87
    2009 - 142.76 (81.4) --- 3.93 (2.2) --- 146.69 (83.6) -- 175.45
    2010 - 168.56 (93.7) --- 4.50 (2.5) --- 173.06 (96.2) -- 179.93
    2011 - 181.29 (102.9) - 14.94 (8.5) -- 196.23 (111.4) - 176.17
    2012 - 194.79 (115.7) - 17.76 (10.5) - 212.56 (126.2) - 168.40
    2013 - 201.63 (118.4) - 18.09 (10.6) - 219.72 (129.0) - 170.27
    2014 - 208.47 (120.5) - 17.57 (10.2) - 226.05 (130.6) - 173.08
    2015 - 218.33 (121.6) - 13.25 (7.4) -- 231.58 (129.0) - 179.54
    2016 - 223.83 (121.2) - 17.28 (9.4) -- 241.11 (130.5) - 184.69
    Links das fontes OFICIAIS: a Dívida Líquida em €, a Dívida Líquida em % do PIB, a Dívida Bruta em €, e a Dívida Bruta em % do PIB tudo no site do Banco de Portugal; e o PIB Nominalno site do INE.
    Depósitos = Dívida Bruta - Dívida Líquida

    ÚNICO GOVERNO A FAZER DESCER A DIVIDA FOI DO SOCIALISTA ANTÓNIO GUTERRES ... E A HISTÓRIA ESTÁ A REPETIR-SE ...
    Divida líquida em percentagem do PIB:
    2007 = 66.22%
    2008 = 69.30% (+3.08)
    2009 = 81.37% (+12.07)
    2010 = 93,68% (+12.31)
    2011 = 102.91% (+9.23)
    2012 = 115.67% (+12.76)
    2013 = 118.42% (+2.75)
    2014 = 120.45% (+2.03)
    2015 = 121.61% (+1.16)
    2016 = 121.19% (*) (MENOS 0.42) --> primeira descida desde 2007


    à GERINGONÇA PORTUGUESA, prontos a copiar o modelo !!..






    A mais recente edição da revista britânica Monocle, que assinala uma década em março, inclui um caderno de 64 páginas totalmente dedicado a Portugal e aos…
    MSN.COM







    INE destaca as contribuições positivas das expectativas relativas à evolução do desemprego, à evolução da situação financeira do agregado familiar, da situação económica do país e da poupança.











    No primeiro trimestre deste ano, a economia portuguesa cresceu 2,8% face ao mesmo período do ano passado. Os dados publicados hoje pelo…
    GERINGONCA.COM




    Crescimento faz-se sobretudo de exportações e de investimento. Ou seja, vai no caminho inverso ao que António Costa defendia e que assentava sobretudo no consumo. Mas a a verdade é que dupla Costa/Centeno teve a habilidade de…
    SICNOTICIAS.SAPO.PT




    É um pouco absurdo culpar o governo pelo fraco crescimento do (primeiro semestre do) primeiro ano da governação e dizer que não tem mérito algum ...
    OBSERVADOR.PT




    Ontem foram conhecidos os números do Instituto Nacional de Estatística para o crescimento da economia portuguesa. Hoje, o Eurostat divulgou que a…
    GERINGONCA.COM




    O Secretário de Estado Fernando da Rocha Andrade disse à TSF que o “Programa Especial de Redução do Endividamento ao Estado (PERES) pode elevar a receita fiscal para cima, para além do
    défice de 2,4%”. Mas que não precisa desta medida para cumprir as metas






    Rocha Andrade garante à TSF que não precisa do perdão fiscal (PERES) para cumprir as metas. 'Pode, isso sim, dar uma folga maior'
    JORNALECONOMICO.SAPO.PT





    A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) voltou hoje a emitir dívida portuguesa com taxas de juro negativas. O IGCP emitiu Bilhetes do…
    GERINGONCA.COM







    A presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP) parece ter feito finalmente uma leitura crítica dos seus erros. Depois da grosseira falha das previsões de…
    GERINGONCA.COM

    Até já a velhota Tia Dora mandou os búzios à revisão e limpou o pó à bola de cristal ?
    Foi em peregrinação a Fátima rezar, na esperança que chova para agradecer o milagre. http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2017/05/fatima-futebol-e-fado.html

    O Conselho das Finanças Públicas (CFP) divulgou ontem, terça-feira, que a carga fiscal caiu pela primeira vez em 2016 desde 2012, fixando-se nos 34,2% do PIB, refletindo sobretudo a redução do peso do IRS.
    Na análise da conta das administrações públicas de 2016, hoje publicada, o CFP refere que "em 2016, a carga fiscal decresceu pela primeira vez desde 2012, encontrando-se ao nível de 2014", ou seja, 34,2% do Produto Interno Bruto (PIB).





    O Conselho das Finanças Públicas (CFP) divulgou esta terça-feira que a carga fiscal caiu pela primeira vez em 2016 desde 2012, fixando-se nos 34,2% do PIB, refletindo sobretudo a redução do peso do IRS.






    Números foram revelados pelo Conselho das Finanças Públicas esta quinta-feira.



    O Ano 2016 foi o do milagre, 2017 o da beatificação e 2018 o da canonização dos três pastorinhos Marcelo, Costa e Centeno. Depois da Tia Dora e do Cardeal Patriarca conseguirem ver a Senhora Luminosa na azinheira, se Daniel Bessa, Medina Carreira, o Beato Cesar das Neves, JGF, JRS,o Farsola, A Marilú Swapeira, a Cristas e alguns mais da direita, não vêem a Senhora luminosa é porque estão a olhar para outra azinheira. Além de incompetentes só podem ser cegos ou mal intencionados.





    Em entrevista à Renascença, D. Manuel Clemente elogia a diminuição do défice e do desemprego, assim como o ambiente de menor crispação que ajuda a resolver…
    JORNALDENEGOCIOS.PT






    As novas previsões do Banco de Portugal apontam para uma economia portuguesa cada vez mais aberta ao comércio internacional. As exportações deverão…
    JORNALDENEGOCIOS.PT


    Quando até a França já tem inveja da tua economia, sabes que as críticas da direita não passam de desespero.






    O ministro das Finanças e da Economia de França confessou hoje inveja dos números apresentados pela economia portuguesa. Michel Sapin, que…
    GERINGONCA.COM





    Num artigo publicado recentemente, o prestigiado jornal The Economist não poupou elogios às políticas do Governo socialista, que têm levado à recuperação…
    PORTO.PS.PT









    Pocos confiaban en el primer ministro portugués António Costa. Pero el líder izquierdista ha dado con la tecla: ha consolidado las cuentas y devuelto el…
    PUBLICO.ES













    Incêndios.
    Enquanto as hienas aguardam o repasto e esperam substituir o Diabo pelo Inferno, cairão no esquecimento as notícias que nos dão esperança (Frase de Carlos Esperança).
    Notícias de hoje: Portugal emite dívida com juros ainda mais negativos, sendo as taxas mais baixas de sempre.




    Para além de serem convidados e não comparecerem, também não fazem falta nenhuma, todavia, vamos lá aguardar para ver qual a mentira que vão dar para justificar o estão de negação!!!


    Sociais-democratas afirmam que não foram convidados para reunião sobre o pacote de medidas para a floresta

    Quem já esqueceu a mentira que diziam que Sócrates tinha apresentado o PEC IV em Bruxelas sem dizer nada a Passos Coelho e depois o mesmo veio dizer que afinal tinha tido uma reunião antes. Já são useiros na mentira.





    Miguel Júdice disse hoje na TV que MRS quer "sangrar" o PS, isto é, tem medo que o PS venha a ser um partido maioritário, pelo que quer que o PSD suba e reafirma que os êxitos económicos são obra dos dois governos, o que nunca foi verdade para Passos Coelho que vaticinou que a política do PS seria uma desgraça e com ela viria o Diabo.
    Passos nunca viu em António Costa uma continuação da sua política que, de facto, não foi, porque a tê-lo sido não teríamos um défice de 2% e um crescimento trimestral de 2,8% e queda no desemprego. 




    PS sobe para 43.7 % de intenções de voto!


    Olhando para o barómetro da Aximage, não há forma de ver boas notícias para Passos Coelho. Mas Assunção Cristas também não tem razões para sorrir. A desgraça de uns é a sorte de outros e a quebra da direita é o maior troféu da…
    JORNALDENEGOCIOS.P







    Portugal é um país que cresce e está descrispado, mas onde saber ler e escrever ainda é tema de discussão.
    DINHEIROVIVO.PT|POR DINHEIRO VIVO

    Pacheco Pereira
    Pensaram sempre em atacar salários, pensões, reformas, rendimentos individuais e das famílias, serviços públicos para os mais necessitados e nunca em rendas estatais, contratos leoninos, interesses da banca, abusos a cartéis das grandes empressas. Pode-se dizer que fizeram uma escolha entre duas opções, mas a verdade é que nunca houve opção: vieram para fazer o que fizeram, vieram para fazer o que estão a fazer. 
    "Isto já não é um Governo, é um amontoado de gente tratando da sua vidinha"



    Portugal não pode regressar ao nível salarial nem ao nível remuneratório das pensões de 2011 e, portanto, os salários e pensões têm de ser cortados “de forma permanente”, volta a frisar Pedro Passos Coelho. O primeiro-ministro falava no…
    DINHEIROVIVO.PT|POR DINHEIRO VIVO


    Ex-dirigente social-democrata rejeita criticar directamente Passos Coelho, de quem diz não ser "padrinho".
    WWW.PUBLICO.PT


    "".......O ministro alemão não ficou sozinho a criticar o acordo patrocinado pela sua própria chanceler: “Os únicos ministros que o apoiaram foram a portuguesa [Maria Luís Albuquerque] e o meu vizinho do lado, o ministro espanhol Luis de Guindos, que falou mais de dez vezes – seguramente reflectindo o medo do seu Governo por qualquer êxito do Syriza que pudesse suscitar apoio para o Podemos nas eleições que se avizinhavam em Espanha.”...""

    É claro que Passos Coelho era o responsável pela politica geral do governo e em particular pelas posições que Portugal tomava no Eurogrupo.
    Por isso tudo que disser no futuro esbarrará sempre com as incríveis politicas que defendeu e protagonizou.
    O PSD deve substitui-lo sem demora, a não ser que queira ficar na oposição pelo menos mais sete anos. Por: Cor. Rodrigo Sousa e Castro

    A chanceler alemã fez um acordo com a Grécia, em 2015, contra a vontade do seu ministro das Finanças. Numa reunião do Eurogrupo, Schäuble opôs-se, em vão, e…
    PUBLICO.PT


    Varoufakis escreveu um livro sobre a sua experiência de Ministro das Finanças nas reuniões do Eurogrupo e o Paulo Pena, um dos mais credíve...
    VENTOSSEMEADOS.BLOGSPOT.COM


    Passos Coelho nunca disse nada de jeito, agora já não diz coisa nenhuma.
    Faz lembrar os celebres discursos do Almirante Américo Tomás.


    Sempre que Passos Coelho discursa é inevitável pensar na contínua superação do que julgaríamos serem os limites da falta de pudor. Mas ele ...
    VENTOSSEMEADOS.BLOGSPOT.COM



    "Tenho imenso orgulho naquilo que ajudei a fazer. Foi com sentido de serviço público",



    Líder da bancada socialista, Carlos César, responde a Pedro Passos Coelho
    TVI24.IOL.PT



    Silva Peneda (PSD) Eu defendo a erradicação deste PSD , adulterado por Passos, Relvas, Marco António, Marilú e Cavaco no mínimo por 1 Milénio.


    VALEU A PENA? O GOVERNO PSD/CDS/PASSOS/PORTAS!!!!!!!
    Corte de pensões;
    Brutal aumento de impostos;
    Degradação dos serviços públicos;
    Cortes nos apoios sociais;
    Cortes de salários;
    Privatizações;

    Aumento da dívida pública;
    Dívida em 2011 - 184.699 mil milhões
    Dívida em 2015 - 290.000 mil milhões
    Défice em 2011 - 7,4%
    Défice em 2014 - 7,2%

    SE OS QUE EMIGRARAM CÁ TIVESSEM FICADO, O DESEMPREGO REAL SERIA, SEGUNDO O CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA, DE 29%. 

    As Contas do Desemprego - 2015 (Mas sem "Tretas")
    620.400 - desempregados oficiais
    +242.900 desencorajados
    +242.800 subempregados
    +158.000 ocupados IEFP
    + 450.000 emigrados
    1. 714. 100 Desempregados reais 29%.

    Governo Passos/Portas Recuámos
    10 anos na riqueza produzida
    20 anos no emprego
    30 anos no investimento
    40 na emigração.






    Passos Coelho critica Governo por "querer devolver tudo num ano quando pode fazê-lo em quatro" e diz que resultado ou será "milagre&q...
    OBSERVADOR.PT|DE CATARINA MARQUES RODRIGUES


    A direita continua a bater na tecla de estarmos a seguir "o caminho errado" (sendo que o certo era o do empobrecimento, da competitividade pelos baixos salários e do desprezo pela Constituição). Entretanto chega o Presidente, faz uma entrada a pés juntos e acaba com o jogo.






    O Presidente da República congratulou-se com o défice de 2,1% do PIB, considerando que é possível atingir o mesmo objetivo nacional com…
    GERINGONCA.COM





    A Unidade Técnica de Apoio Orçamental da Assembleia da República estimou hoje que o défice público em 2016, quando retiradas as medidas extraordinárias e…
    GERINGONCA.COM







    Em vez de ajudar a resolver a crise, as medidas de austeridade adotadas tiveram “consequências económicas negativas” e “amplificaram" a crise em Portugal.
    GERINGONCA.COM


    Há dois anos, Albuquerque anunciava novos cortes nas pensões para 2016...






    A ministra das Finanças anunciou esta quinta-feira um novo corte nas pensões em 2016, uma medida que tem "obrigatoriamente" de valer 600 milhões de…
    SICNOTICIAS.SAPO.PT


    Maria Luís Albuquerque diz que o processo de garantia da sustentabilidade da Segurança Social pode passar por reduções nas…
    OBSERVADOR.PT


                                      Foto de Rui Madeira.




    Relatório alerta para a insustentabilidade da ADSE a longo prazo e aponta a instrumentalização do sistema por parte dos Governos como uma das causas.
    RR.SAPO.PT





    Marilú está de parabéns... a Miss Swapps é agora Miss Offshore...
















    PPC e a recusa de António Costa à candidata arménia para o Conselho de Finanças Públicas. É uma recusa natural até entendida pelo presidente da república.




    (Por Estátua de Sal, 27/04/2017) Mas melhor ainda. Vai-se o alemão e quem é que o Banco de Portugal propõe em substituição? Teresa Ter-Minassian, ex-funcionária do FMI que, inclusive,…
    ESTATUADESAL.COM


    Passos, preocupa-se imenso com a independência do Conselho de Finanças Públicas, mas está-se nas tintas para a independência do país.
    Já o sabíamos. Só não entendo como ainda há portugueses que dão crédito a Passos e às suas tropelias, esse caixeiro viajante, vendilhão do templo e do país, um mesquinho traidor da Pátria.
    No último debate quinzenal, em plena Assembleia da República, Passos Coelho acusou o Governo de pôr em causa a independência do Conselho de Finanças Públicas (CFP) por não nomear duas das pessoas que lhe foram propostas para…
    GERINGONCA.COM



    Afinal havia outro caminho, contrariamente  ao que o Camilo andou a dizer anos.



    O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, afirmou hoje que Portugal tenderá a sair do Procedimento por Défice Excessivo (PDE) se os dados…
    GERINGONCA.COM


    António Costa diz que comportamento da oposição "dá vontade de rir".
    O secretário-geral do PS, António Costa, disse hoje que os "resultados positivos" do país estão a acontecer, porque as políticas do atual Governo são "o contrário" do que fez o anterior executivo.


    "Nós não só não fizemos o que eles estavam a fazer, como fizemos mesmo o contrário do que eles estavam a fazer. Foi precisamente por termos feito diferente e melhor que temos melhores resultados do que aqueles que eles tiveram nos quatro de governação", afirmou o primeiro-ministro socialista.
    Discursando em Amarante, onde hoje participou num almoço de apresentação da advogada Octávia Clemente como candidata do PS à Câmara Municipal, António Costa defendeu que os resultados da atual governação socialista "têm deixado a oposição algo desorientada e esgotada naquilo que tem a dizer aos portugueses".
    "Andaram um ano inteiro a dizer que, tendo mudado a política que eles estavam a seguir, revertendo medidas gravosas que eles tinham adotado, nós iríamos conduzir o país para uma tragédia e nem do diabo nos havíamos de livrar. Passado ano e meio, não só o diabo não veio, como o procedimento de défice excessivo está de partida, o crescimento apareceu, o desemprego está a baixar e os resultados estão positivos", destacou.
    Costa prosseguiu: "Por isso, depois do discurso do diabo ter falhado, têm [oposição] agora que encontrar um novo discurso. Agora lembraram-se de dizer: de facto, o diabo não veio, mas a razão por que não veio foi porque eles, afinal, continuaram a fazer aquilo que nós estávamos a fazer".
    Para o secretário-geral do PS, o comportamento da oposição "dá vontade de rir.
    is um conjunto de medidas do atual Governo, que, segundo Costa, reverteram as políticas do anterior executivo.
    Sempre muito aplaudido pelas centenas de militantes e simpatizantes que enchiam a sala onde se realizou a apresentação, o líder socialista destacou, a seguir, outra área de atuação que diferencia os dois governos.
    "Também fizemos diferente no que diz respeito ao investimento. Quando nós chegámos ao Governo, já havia dois anos de fundo comunitários. E eles tinham os fundos comunitários fechados na gaveta, sem que chegassem às câmaras e, sobretudo, sem que chegassem às empresas. No dia em que nós tomámos posse, havia quatro milhões de euros de apoio às empresas para investir”, referiu.
    António Costa prosseguiu dizendo que o Governo definiu uma meta de, nos primeiros cem dias, aumentar esse apoio para as empresas investirem cem milhões e que o executivo chegou ao fim do ano com 600 milhões.
    “Este ano vamos apoiar as empresas em mil milhões de euros, para que possam investir, possam criar riqueza e possam ajudar a criar mais e melhor emprego", afirmou.
    O líder socialista defendeu, também, que "as famílias, hoje, têm mais rendimento, porque não vivem com o medo de, no dia a seguir, voltarem a ter o corte dos rendimentos, porque as empresas têm hoje mais apoios para poderem investir e não têm medo de virem a sofrer novos aumentos de impostos".
    O secretário-geral socialista defendeu ainda que a redução do défice está a acontecer, "porque a economia está a crescer mais".
    "Ao contrário do que eles [oposição] pensavam, não é cortando nas pensões e aumentando os impostos que se controla o défice, é devolvendo confiança às famílias e às empresas que nós temos melhor economia e melhores finançaspúblicas",concluiu. Por : MadreMedia / Lusa/3 jun 2017 17.

    Sem comentários:

    Enviar um comentário